Tudo sobre AVC

Fatores de risco para AVC

Como podemos prevenir o AVC?

Existem condições que podem aumentar o risco para o desenvolvimento de um AVC. O melhor tratamento é a prevenção. Podemos reduzir o risco por meio do tratamento adequado dessas condições.

Hipertensão Arterial

A hipertensão arterial ou pressão alta é o principal fator de risco para o AVC, tanto isquêmico quanto hemorrágico. Pessoas com hipertensão arterial têm chances de quatro a seis vezes maiores do que não hipertensas de terem um AVC. Ao longo do tempo, a hipertensão leva à aterosclerose e ao enrijecimento das artérias. Isso, por sua vez, pode levar a bloqueios ou obstruções de vasos sanguíneos e também ao enfraquecimento das paredes das artérias, o que pode resultar em ruptura. O risco de AVC é diretamente proporcional aos níveis de pressão arterial.

Diabetes

Pacientes com diabetes têm um risco aumentado de apresentarem um AVC. Vários estudos demonstraram que diabéticos apresentam um risco maior de um AVC quando comparados a não diabéticos, independente da presença de outros fatores de risco. De uma maneira geral, o risco de doença cardiovascular (incluindo o AVC) é cerca de duas vezes e meia maior em diabéticos do que em pacientes sem diabetes.

Altas taxas de colesterol e triglicérides

O colesterol é uma substância gordurosa encontrada em sua corrente sanguínea e em todas as células. O corpo produz colesterol que é necessário para formação das membranas das células e dos hormônios. Alguns alimentos contêm grande quantidade de colesterol. Altas taxas de colesterol podem aumentar o risco de AVC indiretamente, aumentando o risco de doenças cardíacas que por sua vez são importantes fatores de risco para AVC. Além disso, a formação de placas de gordura nas artérias carótidas pode causar bloqueio do fluxo de sangue para o cérebro e assim causar um AVC isquêmico.

Tabagismo

Estudos demonstram que o tabagismo é um importante fator de risco para AVC. A fumaça do cigarro pode produzir diversos efeitos nas artérias do cérebro levando a danos importantes. Além disso, o tabagismo é também um fator de risco para doenças do coração como o infarto do miocárdio. Fumar aumenta a pressão arterial, diminui a capacidade de realizar exercícios físicos e aumenta o risco de formação de coágulos sanguíneos. Mulheres que fumam e tomam anticoncepcionais têm um risco aumentado de AVC em muitas vezes.

Sedentarismo

Sedentarismo é um fator de risco para doenças cardiovasculares e AVC. Exercícios regulares e moderados ajudam a prevenir doenças cardíacas e AVC. A atividade física também ajuda a controlar o colesterol, a diabetes e a obesidade e também a diminuir a pressão arterial em alguns pacientes.

Doenças cardíacas

As doenças cardíacas, principalmente a doença das artérias coronárias, têm vários fatores de riscos comuns ao AVC. Portanto, portadores de doença coronariana (pacientes que já tiveram um infarto do miocárdio ou têm angina) apresentam um risco maior de terem um AVC do que pacientes sem doença coronariana. Existe um tipo de arritmia cardíaca chamada fibrilação atrial que também aumenta o risco de AVC e sendo diagnosticada deve ser prontamente tratada.


Precisa agendar? Clique aqui para encontrar um médico

Publicado em 25/10/2011


Compartilhe

Deixe um comentário

* *
* Caracteres restantes: 500
* Campos Obrigatórios

Aviso: todo e qualquer comentário publicado na internet por meio deste sistema não reflete, obrigatoriamente, a opinião deste portal ou da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Hospital Albert Einstein. Os textos publicados são de exclusiva, integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O Hospital Israelita Albert Einstein reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou, de alguma forma, prejudiciais a terceiros. Informamos ainda que poderá haver moderação dos comentários que apresentarem dados clínicos ou pessoais dos autores, visando garantir a privacidade destas informações. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação (nome e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.