Orientação para pacientes

Cotovelo deslocado em crianças (Pronação Dolorosa)

Quando uma criança sofre trauma em tração - quando, por exemplo, é suspensa do solo pela mão, ou em situação em que, muitas vezes, o adulto a está segurando pela mão e ela cai ou se joga no chão - isso pode ocasionar um deslocamento entre os ossos do antebraço, no nível do cotovelo.

Esse trauma provoca dor e, imediatamente, a criança mantém o braço junto ao tronco e sem movimento, pois essa postura alivia o quadro doloroso.

Tratamento

Procurar atendimento médico para que seja feito o adequado tratamento.

Na vigência da descrição clássica do trauma, o procedimento a ser realizado chama-se redução, que consiste em “colocar o osso deslocado no lugar”. Feito isso, a melhora da dor e o restabelecimento dos movimentos são quase imediatos.

Evite

Manipular o braço da criança, principalmente quando o momento do trauma não foi testemunhado, ou seja, quando há apenas o relato de trauma e choro. Procure atendimento médico imediato.

Como prevenir?

Evite puxar a criança pelas mãos; desta forma, não ocorre o mecanismo de tração sobre o cotovelo.

Essa orientação deve ser seguida pelos pais, cuidadores, babás, professores, irmãos e outras pessoas que tenham contato com a criança.

Se você não possui um médico particular, entre em contato com o Hospital Israelita Albert Einstein pelo telefone(11) 2151-1233, opção 3, e solicite a indicação de um Ortopedista.

 

Precisa agendar? Clique aqui para encontrar um médico

Publicado em  


Compartilhe

Deixe um comentário

* *
* Caracteres restantes: 500
* Campos Obrigatórios

Aviso: todo e qualquer comentário publicado na internet por meio deste sistema não reflete, obrigatoriamente, a opinião deste portal ou da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Hospital Albert Einstein. Os textos publicados são de exclusiva, integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O Hospital Israelita Albert Einstein reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou, de alguma forma, prejudiciais a terceiros. Informamos ainda que poderá haver moderação dos comentários que apresentarem dados clínicos ou pessoais dos autores, visando garantir a privacidade destas informações. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação (nome e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.