Einstein Saúde

Tamanho da letra: diminuir letra aumentar letra    RSS

Conheça nossas respostas às perguntas mais frequentes sobre saúde, novidades em medicina e principais serviços oferecidos pelo Einstein.

Acupuntura

01.- O que é Acupuntura?

Consiste do uso de agulhas inseridas em pontos do corpo capazes de regular funções orgânicas, como o sono, a digestão, etc.
É um tratamento milenar de saúde, baseado na Medicina Tradicional Chinesa, que vem sendo resgatado e valorizado pelo ocidente.

02.- Que doenças a Acupuntura pode tratar?

Principalmente dores músculo-esqueléticas. A Acupuntura ficou famosa no ocidente devido à sua eficácia nesse aspecto.
Porém, outras condições clínicas, como náusea por quimioterapia, podem se beneficiar do tratamento, ou pelo menos tê-la como importante adjuvante ao tratamento convencional.

03.- A Acupuntura tem comprovação científica?

Inúmeras pesquisas científicas internacionais já documentaram sua eficácia. No Brasil, foram defendidas teses de Doutorado confirmando os bons resultados. Mesmo pesquisas com animais mostram que a Acupuntura é eficiente, provando que ela não funciona apenas por efeito de sugestão.

04.- Como a Medicina vê a Acupuntura?

A acupuntura é reconhecida pela Associação Médica Brasileira como uma especialidade médica desde 1.955.
Cada vez mais ela está presente nos currículos das faculdades de medicina. Muitos médicos de outras especialidades estão voltando a estudar, buscando a formação em Acupuntura.

05.- A agulha de Acupuntura causa dor?

A dor, normalmente, é menor que aquela causada ao se puxar um fio de cabelo, devido ao uso de agulhas modernas e descartáveis. Porém, a sensibilidade pode ser variável entre as pessoas e entre
os diferentes pontos. 

06.- Há riscos em fazer Acupuntura?

Com a técnica correta e um bom profissional, é um procedimento muito seguro e eficaz.
A literatura médica tem relatado raríssimos acidentes mais importantes (como lesão de órgãos internos) ao longo de décadas, considerando-se bilhões de aplicações feitas em todo o mundo. Comumente, os efeitos adversos são restritos a distúrbios menores, como pequenos hematomas locais.

07.- Quantas sessões de Acupuntura são necessárias?

O número é variável, de acordo com a doença e com o indivíduo. Após a primeira sessão, é esperado algum grau de melhora. Após 10 sessões, é possível ter uma idéia mais clara do quanto a Acupuntura pode ajudar. Doenças agudas (como torcicolo ou crise de lombalgia) podem necessitar de menos sessões.

08.- Como é a sessão de Acupuntura?

Idealmente, devem ser usadas agulhas estéreis e descartáveis. As agulhas são inseridas nos pontos e permanecem no corpo por 20 minutos. É freqüente o paciente dormir neste período, pelo relaxamento trazido pelo equilíbrio orgânico. O ideal é uma freqüência de uma a duas vezes por semana. Em casos graves, a freqüência pode ser maior.

09.- A Acupuntura funciona em todos os pacientes?

Não. Os resultados são positivos em 70 a 80% das pessoas. Alguns casos de insucesso podem ocorrer por diagnóstico incorreto ou tratamento inadequado. Há também fatores genéticos individuais que podem estar envolvidos. Alguns medicamentos, como corticóides ou antidepressivos, podem interferir na ação da Acupuntura quando são usados em doses excessivas.

10.- Qualquer pessoa pode tratar-se por Acupuntura?

Praticamente não há contra-indicação à sua realização. Há pontos específicos a serem evitados em gestantes. Pessoas com distúrbios da coagulação ou com imunidade deficiente podem fazer com cuidados especiais: reforçam-se os cuidados com assepsia e evitam-se manipulações vigorosas e desnecessárias da agulha.