Bem-estar e Qualidade de Vida

Atividade física x saúde do homem

Entenda essa relação. Perda de gordura aumenta libido; bicicleta pode causar disfunção erétil em até 25% dos praticantes

Exercícios físicos estão cada vez mais associados à melhoria da qualidade de vida, combate ao stress e longevidade, além de trazerem benefícios ao corpo. Quando praticados adequadamente e com orientação de um profissional, eles também são ótimos aliados na prevenção de doenças cardiovasculares, respiratórias e até mesmo câncer.

Apesar dos benefícios comprovados, muitos homens acabam se tornando sedentários em função da rotina do trabalho, o que favorece o aumento de peso e o aparecimento de algumas doenças.

A prática regular de atividades físicas contribui para a prevenção de doenças cardíacas como a hipertensão – uma das que mais afetam os homens e que pode provocar disfunção erétil, infarto e acidente vascular cerebral (AVC), pois promove o fortalecimento do músculo cardíaco, melhoria da circulação e também aumento dos níveis de HDL (colesterol bom) e diminuição dos níveis de LDL (colesterol ruim).

Além disso, há redução da gordura corporal, também relacionada com níveis elevados de pressão arterial. Reduzindo a gordura corporal, os exercícios ajudam a prevenir e controlar essa forma da doença.

Especialmente para os homens, a redução da gordura corporal também influencia na ação do hormônio masculino (testosterona), trazendo maior disposição, libido e até melhora no desempenho sexual. Este fator ajuda a aumentar a massa muscular, provocando maior consumo de calorias pelo organismo e resultando na melhoria da forma física.

Esse progresso também se reflete em todo sistema músculo-esquelético, pois, melhorando a força muscular, a flexibilidade e a postura, a atividade física ajuda a prevenir as dores nas costas e na região lombar.

Uma dúvida muito comum em homens que tem o hábito de pedalar em bicicleta é quanto à associação deste exercício com disfunção sexual. Dois estudos publicados na Alemanha e em Israel concluíram que há uma associação direta entre pedalar e problemas de ereção em cerca de 25% dos praticantes do esporte. Essa disfunção é ocasionada por uma compressão do banco no períneo, localizado entre o ânus e o escroto, que diminui o fluxo sanguíneo nos nervos da região.

Para evitar este problema e poder continuar pedalando, a alternativa é escolher um banco que não seja estreito e ajustar a postura adequada para evitar a compressão perineal.

Além de praticar exercícios físicos regularmente, é indispensável o cuidado com a alimentação, aumentando o consumo de fibras, vegetais e frutas e reduzindo a ingestão de gordura animal. Quando aliadas, estas atitudes podem diminuir o risco do desenvolvimento de câncer de próstata, o tumor mais comum em homens e que tem risco aumentado após os 40 anos de idade.

Praticar exercícios é altamente recomendado desde que bem orientado e realizado adequadamente. Por isso, a moderação e o acompanhamento médico são indispensáveis para que a atividade física seja eficiente e traga os resultados esperados para uma boa manutenção da saúde.

Dr. Cássio Andreoni é urologista do Einstein

Publicado em agosto/2011

Publicado em 22/11/2011


Compartilhe

Deixe um comentário

* *
* Caracteres restantes: 500
* Campos Obrigatórios

Aviso: todo e qualquer comentário publicado na internet por meio deste sistema não reflete, obrigatoriamente, a opinião deste portal ou da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Hospital Albert Einstein. Os textos publicados são de exclusiva, integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O Hospital Israelita Albert Einstein reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou, de alguma forma, prejudiciais a terceiros. Informamos ainda que poderá haver moderação dos comentários que apresentarem dados clínicos ou pessoais dos autores, visando garantir a privacidade destas informações. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação (nome e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.