Nutrição

"Pular" café da manhã traz riscos à saúde

Fuja de sobrepeso e doenças crônicas e confira dicas do que comer antes do treino.

Com a correria do dia a dia, encontramos cada vez menos tempo para nos preocupar com o café da manhã e, por vezes, preferimos dormir mais a fazer uma refeição equilibrada e com tranquilidade.

Pular café da manhã traz riscos à saúdeÉ preciso lembrar que, enquanto dormimos, o corpo continua funcionando e, com isso, as reservas energéticas ficam diminuídas. Sendo assim, a alimentação matutina é essencial para abastecer o organismo das perdas que o corpo enfrenta e normalizar o metabolismo.

Segundo Érica Teixeira, nutricionista do Einstein, são muitos os impactos negativos na saúde das pessoas com hábito de "pular" o café da manhã.

Nesta população, existem registros de: maior prevalência de indivíduos com sobrepeso; alteração na constituição corporal em todas as faixas etárias; e riscos para o desenvolvimento de doenças crônicas - como as dislipidemias (níveis elevados ou anormais de lipídios no sangue) e alterações glicêmicas.

"Vale ressaltar que a omissão de refeições implica diretamente nas escolhas alimentares, pois tendemos a eleger alimentos mais calóricos e gordurosos, em quantidades demasiadas nas próximas refeições", explica Érica.

De acordo com a nutricionista, o café da manhã ideal e equilibrado para qualquer faixa etária deve ter sua composição nutricional em torno de 15% a 30% do valor energético total consumido diariamente, e ser composto com uma porção de cada grupo alimentar – carboidratos, proteínas, gorduras, fibras e minerais. A refeição deve ser feita em até duas horas após acordar.

  • Troque os carboidratos refinados, de farinha branca, pelos integrais – pães, biscoitos, cereais, granola, torradas, massas –, que oferecem mais fibras e antioxidantes para a dieta. Além de auxiliar no bom funcionamento intestinal, retardam o esvaziamento gástrico, aumentando a sensação de saciedade.
  • Leite e derivados fornecem proteínas (responsáveis pela formação e manutenção dos tecidos) e cálcio, que atua na contração muscular e na regulação de hormônios e anticorpos. Dê preferência ao leite desnatado e aos queijos claros, como ricota, cottage e do tipo minas.
  • Evite o consumo frequente de embutidos. Caso queira incluí-los no café, opte por peito de peru ou blanquet.
  • Margarina x manteiga: a manteiga é um alimento de origem animal e possui alto teor de gordura saturada, que é prejudicial à saúde. Já a margarina, possui um teor reduzido deste tipo de gordura e pode ser consumida com moderação.
  • Frutas e sucos de frutas naturais fornecem vitaminas e minerais, responsáveis pelo bom funcionamento do intestino, evitando a prisão de ventre, além de controlar a absorção de nutrientes.
  • Para aqueles que não conseguem tomar café da manhã em casa, leve ao trabalho lanches reforçados e equilibrados: duas fatias de pão integral com folhas de alface, tomate ou cenoura ralada e queijo branco, frutas inteiras, iogurtes desnatados e barras de cereais.

Café da manhã x atividade física

Além do café da manhã estimular o metabolismo, ele auxilia na formação de estoques que garantirão energia antes da prática esportiva e no fornecimento de nutrientes necessários para a recuperação muscular após o treino.

Dicas para o treinar de manhã:

  • Nunca treine em jejum. Faça uma refeição leve até uma hora antes do treino.
  • Evite consumir café ou bebidas cafeinadas, doces, leite e derivados, e alimentos gordurosos próximo ao início da atividade.
  • Coma pelo menos uma fruta e um carboidrato em menor quantidade que a habitual (barra de cereal, pão, torrada, bolacha sem recheio, cereais, preferencialmente os integrais).
  • Após o treino, faça uma refeição completa e não deixe de consumir alimentos que são fonte de carboidrato, proteína e vitaminas.

"Durante o exercício, a hidratação com água e isotônicos deve ser feita de forma fracionada. E é importante, antes de começar uma atividade física, fazer uma avaliação cardiovascular e nutricional. Nunca opte por tomar suplementos alimentares por conta própria", finaliza a nutricionista Érica Teixeira.

Publicada em agosto/2011.

Publicado em 22/08/2011


Compartilhe

Deixe um comentário

* *
* Caracteres restantes: 500
* Campos Obrigatórios

Aviso: todo e qualquer comentário publicado na internet por meio deste sistema não reflete, obrigatoriamente, a opinião deste portal ou da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Hospital Albert Einstein. Os textos publicados são de exclusiva, integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O Hospital Israelita Albert Einstein reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou, de alguma forma, prejudiciais a terceiros. Informamos ainda que poderá haver moderação dos comentários que apresentarem dados clínicos ou pessoais dos autores, visando garantir a privacidade destas informações. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação (nome e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.