Nutrição

Facebook Twitter Youtube Google+ Instagram Linkedin Flickr   |  diminuir letra aumentar letra

Suchá: combinação perfeita de sucos com chás

Tomar um bom chá – seja preto, verde, de ervas, de flores, de frutas ou raízes – é um hábito ligado ao prazer, ao conforto e ao convívio pessoal. E quem não gosta também de um refrescante suco de frutas? Pensando nisso, inventaram uma ótima combinação das duas bebidas: o suchá - perfeito para quem busca benefícios em dobro ao organismo.

O chá é uma das bebidas mais consumidas no mundo, e uma das fontes mais ricas em flavonoides (os compostos bioativos que podem proporcionar inúmeros benefícios à saúde se consumidos com cuidado). “É importante saber quando, quanto e como utilizar os chás”, afirma Ana Paula Noronha Barrére, nutricionista clínica do Einstein.

Os suchás são misturas de sucos de hortaliças ou frutas com a infusão ou a decocção de plantas medicinais. Os suchás podem ser empregados como forma terapêutica ou pelo próprio prazer da bebida, e são fortes aliados para desintoxicar, desinchar e refrescar.

Eles também contribuem com a hidratação do corpo, com a oferta de vitaminas, minerais, fibras e compostos bioativos, que podem apresentar várias atividades de acordo com o alimento e o objetivo de contribuir no aumento da presença de antioxidantes.

“Vale lembrar que é imprescindível a adoção de hábitos alimentares saudáveis para que se obtenham melhores resultados”, ressalta a nutricionista.

Formas de preparo do chá

Os chás são preparados, em geral, por meio de infusões ou decocções da parte da planta que possui mais princípios ativos.

Infusão: é o tradicional “chá” preparado em casa. Na verdade, chá é o nome característico de um tipo de planta, a camellia sinensis, que dá origem ao chá preto, verde e branco. A temperatura ideal da água para o seu preparo é de 80ºC a 100ºC ou quando começam a subir as primeiras bolhas de ar da panela ao ferver a água.

Para preparar a infusão de 1 xícara de chá (150 a 200ml), despeja-se a água fervente em um recipiente juntamente com até 2 colheres de chá de planta seca ou 1 colher de chá da planta fresca. Abafa-se por 5 a 10 minutos.

Decocção: é o processo de cozimento das plantas medicinais que são colocadas em recipiente não metálico. Essa técnica é utilizada para plantas de natureza mais lenhosa como casca, raiz e folhas muito duras.

Para cada xícara de chá (150 a 200ml), utiliza-se 10 partes de planta. Ferver em fogo baixo por 2 minutos para folhas, 7 minutos para raízes ou 10 minutos para a planta toda. Depois deixar em repouso por 10 a 15 minutos.

Receitas de suchás:

Suchá de hortelã, erva-doce e abacaxi.

Ingredientes
  • 8 folhas de hortelã (grande)
  • 1 colher de café de erva-doce
  • 1 fatia de abacaxi
  • Açúcar a gosto
  • Gelo a gosto

Modo de preparo: fazer a infusão com as folhas de hortelã e erva-doce, coar e reservar; liquidificar o chá com o abacaxi e coar; antes de servir, adoçar a gosto e adicionar gelo se preferir.

Suchá de erva cidreira, gengibre e limão

Ingredientes:
  • 5 folhas de erva cidreira
  • 1colher de café de gengibre ralado
  • Suco de ½ limão
  • Açúcar a gosto
  • Gelo a gosto

Modo de preparo: fazer a infusão com a erva cidreira, coar e reservar; liquidificar o gengibre, o chá e o suco de limão e, depois, coar e adoçar a gosto antes de servir.

Publicado em abril de 2012.

Precisa agendar? Clique aqui para encontrar um médico

Publicado em 09/04/2012


Compartilhe

Deixe um comentário

* *
* Caracteres restantes: 500
* Campos Obrigatórios

Aviso: todo e qualquer comentário publicado na internet por meio deste sistema não reflete, obrigatoriamente, a opinião deste portal ou da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Hospital Albert Einstein. Os textos publicados são de exclusiva, integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O Hospital Israelita Albert Einstein reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou, de alguma forma, prejudiciais a terceiros. Informamos ainda que poderá haver moderação dos comentários que apresentarem dados clínicos ou pessoais dos autores, visando garantir a privacidade destas informações. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação (nome e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.