Departamento de Voluntários

Departamento de Voluntários

História

A trajetória de quem tem contribuído passo a passo, para o crescimento e o sucesso do Einstein

Departamento de Voluntários

Um admirável exemplo de luta e dedicação para levar saúde e conforto àqueles que mais necessitam.

Nossa história começou na noite de 18 de abril de 1955. Um grupo de médicos e empresários se reuniu em São Paulo para ouvir as ideias do professor Dr. Manoel Tabacow Hidal sobre um hospital de alto padrão, que seria construído e mantido pela coletividade judaica de São Paulo como agradecimento pela forma como os judeus foram acolhidos no Brasil e aqui se integraram. Um hospital que atenderia a todos sem distinção de raça, cor, credo ou religião. Os participantes da reunião aprovaram a ideia e saíram de lá com um nome forte e já consagrado por seu gênio e humanitarismo: Albert Einstein.

Estava criada, então, a Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein (SBIBAE) e o primeiro presidente escolhido foi o Prof. Dr. Manoel T. Hidal. Fazia parte deste grupo, também, várias senhoras que abraçaram a causa.

A pedra fundamental do Einstein foi colocada em 14 de setembro de 1958 em um terreno doado pela Senhora Ema Gordon Klabin, contando com a presença de várias pessoas ilustres e, entre elas, o filho de Einstein, Hans Albert Einstein.

Em 1959, com o início da construção do Hospital, formou-se o Departamento Feminino da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein, cujo intuito era colaborar com a obtenção de recursos para concretização da obra. Diversos projetos sociais foram realizados pelo Departamento para auxiliar no alcance desse objetivo: leilões de arte, desfiles de moda, bazares, shows, bingos e outros. Em 1967, o Departamento Feminino, já ampliado, passa a ser o Corpo de Voluntárias.

Em 1969, foi inaugurado o Ambulatório da Pediatria Assistencial, cuja finalidade foi proporcionar assistência médica e social aos desprovidos de recursos. O Hospital foi oficialmente inaugurado em 28 de julho de 1971 e, com isso, o Corpo de Voluntárias passa a se denominar Departamento de Voluntárias.

Anos mais tarde, em 1997, surgiu um novo desafio. A Pediatria Assistencial apresentava taxas de 40% de reinternações. Mesmo oferecendo serviços médicos de alta qualidade, era necessário introduzir ações socioeducativas para a promoção da saúde e prevenção de doenças, contribuindo assim para o bem-estar físico, psíquico e social das crianças atendidas. Começava então a ser idealizado um dos maiores marcos da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Hospital Albert Einstein e de seu Departamento de Voluntárias: o Programa Einstein na Comunidade de Paraisópolis (PECP).

Em 1999 o Departamento passou a contar com a colaboração de voluntários do sexo masculino, o que impactou em uma revisão na sua denominação, sendo chamado de Departamento de Voluntários. Nesse mesmo período foi renovada a identidade visual da Sociedade e consequentemente a logomarca do voluntariado.

Em 2001 o PECP passou a ser conhecido como “Complexo Telma Sobolh”, em referência à presidente do Voluntariado da época, e ganhou novas instalações para o atual Ambulatório de Pediatria: uma quadra poliesportiva e a Casa da Criança.

Nesse mesmo ano a presidente, desejosa em dar um salto de profissionalização ao departamento, buscou o modelo de gestão mais comprovado no mundo, a ISO 9001. O processo de implantação passou por várias etapas, desde a adaptação e tradução dos conceitos e princípios presentes nessas normas para a realidade das atividades realizadas pelos voluntários até uma auditoria independente realizada pela Fundação Vanzolini, que resultou, em maio de 2002, na certificação do Departamento de Voluntários nos requisitos dessa norma.

Em 2003 o Departamento de Voluntários teve publicamente reconhecido a qualidade de seus serviços por meio da conquista do Prêmio Banas da Qualidade. Foi a primeira vez que uma organização voluntária concorre a prêmios regionais de Qualidade, comumente concedido a outros seguimentos do mercado.

O Departamento de Voluntários integra, em 2004, o voluntariado existente do Residencial Israelita Albert Einstein (RIAE) e passa a prestar seus serviços à entidade que, além de oferecer abrigo aos idosos da comunidade, promove uma série de atividades de enriquecimento social e cultural e oferece opções de lazer e entretenimento, proporcionando um cotidiano saudável aos que ali residem.

Em 2008 o Departamento, atendendo solicitação do Instituto Israelita de Responsabilidade Social, amplia sua atuação junto às parcerias públicas do Einstein, visando contribuir com os colaboradores desta área no processo de humanização e melhoria na qualidade do atendimento por meio do contato cordial e acolhedor aos pacientes e acompanhantes.

Já em 2013 o voluntariado amplia sua atuação para as Unidades Externas da Instituição com a proposta de contribuir com os colaboradores no processo de humanização.

Alguns números:

Ano Atendimentos realizados
2008 212.266
2009 257.507
2010 262.882

Informações

Telefone: 11 - 2151-3580 / fax: 11 - 2151-3583

E-mail: deptovoluntarios@einstein.br

Precisa agendar? Clique aqui para encontrar um médico

Publicado em  


Compartilhe